Saiba o que fazer quando o motor da moto está queimando óleo

A motocicleta é um veículo que representa muitas vantagens para o proprietário, desde o custo de aquisição até a otimização do combustível. Mas você sabia que não ter os cuidados necessários com a sua moto, pode levar ao desgaste acelerado do seu veículo.

Uma das causas mais comuns para essa situação é o funcionamento do motor, afinal, o que fazer quando o mesmo está queimando o óleo? Veja as informações a seguir e saiba:

O brasileiro é um dos públicos mais apaixonados por motocicletas e não é a toa, que esperamos meses e meses pelo lançamento de modelos como o XRE 2020, uma moto que promete para o mercado automobilístico.

Por outro lado, também somos consumidores que não prezam tanto pela manutenção e conservação dos veículos. Mas vale lembrar que essa situação pode ser revertida e você pode otimizar a vida útil do modelo, apenas estando atento para alguns pontos importantes.

Estamos falando do funcionamento do motor da sua moto, o qual deve ser revisado sempre que possível ou identificado um problema. Veja a seguir o que pode estar causando a queima do óleo:

Causas

Se você conseguiu identificar o processo da queima através da fumaça excessiva saindo do escapamento, é interessante saber o que pode estar causando o problema. A resposta mais comum é a idade do motor, afinal, a cada 1 km em média, o seu motor passa a baixar menos o óleo.

Uma outra justificativa é a folga das peças que pode ser causada pelo próprio uso contínuo e inevitável do motor, ou até mesmo, em situações raras, um defeito de fábrica não identificado.

Nem todo mundo sabe, mas quando o motorista passa a não encher o tanque completamente, a lubrificação do interior do motor é cada vez menor e isso pode levar a um desgaste desnecessário do mesmo, causando a queima do óleo.

O que fazer?

Esse é um problema bem significativo para o bolso de qualquer proprietário, e isto quer dizer que, a primeira solução é levar a motocicleta para que um especialista possa realizar a limpeza e a troca de todas as peças que precisarem ser trocadas.

Mas vale mencionar que esse serviço não é barato e justamente por esse motivo, muitas pessoas preferem optar pela segunda alternativa: a venda do veículo. Com o motor nessas condições, o preço de venda cai muito mas pode representar menos problemas para o proprietário, que deverá avaliar a situação.

Fonte: motomotos.com.br